quinta-feira, 9 de agosto de 2012


“Dos diversos instrumentos do homem,
o mais assombroso, sem dúvida, é o livro.
Os demais são extensões de seu corpo.
O microscópio, o telescópio,
são extensões de sua vista; o telefone
é extensão da voz; depois temos o arado
e a espada, extensões de seu braço.
Mas o livro é outra coisa: o livro é uma
extensão da memória e da imaginação.”

(Jorge Luis Borges)

Deixe um pensamento também