quinta-feira, 13 de setembro de 2012


“Um brinde, a todos aqueles que, entraram na fila errada, e estão neste mundo por engano, só para diversão dos deuses. Não escrevem, não cantam, não esculpem e nem declamam. Mas sentem, amam e acolhem anonimamente a poesia em seus ventres. Um brinde!”

(Marilda Confortin)
Pensamento encontrado no Blog Rabiscando Amor.

Deixe um pensamento também