terça-feira, 2 de dezembro de 2014


“De vez em quando Deus me tira a poesia
Olho pedra, vejo pedra mesmo.”

(Adélia Prado)

Deixe um pensamento também